Tomar remédios: como convencer o paciente de Alzheimer.

não quer tomar remédiosTomar remédios: Como fazer o paciente de Alzheimer concordar?

Fazer uma pessoa  com demência tomar remédios é, na maior parte das vezes, difícil e é um problema muito comum enfrentado pelos cuidadores.

O problema

Você já tentou alguma vez explicar para um paciente de Alzheimer porque ele tem que tomar remédios? Provavelmente você fez uma longa explicação e teve que argumentar sobre o porquê das pílulas. Em vão. Acabou ficando irritado pois quanto mais você argumenta mais a pessoa se torna resistente.

Você se deu conta de que muita informação deixa o paciente confuso? Informação em excesso não é uma coisa boa para quem tem deficiências cognitivas e problemas de memória.  Uma vez confusa, a pessoa não consegue mais entender o que você tentando fazer. Você mesmo, quando confuso consegue executar direito alguma tarefa?

Como o paciente de Alzheimer estará enxergando você quando tenta lhe dar o remédio? O tom de voz se altera quando você fica irritado? Você fala como se estive fazendo uma palestra? Suas palavras estarão soando muito agressivas?

Como você reagiria se alguém se lhe dirigisse palavras num tom de voz duro, severo? Você ficaria propenso a aceitar o que foi dito? Como você reagiria a alguém que está forçando você a fazer algo que não quer?

É importante se colocar no lugar do outro e começar a pensar no que o portador de Alzheimer poderia estar achando? É importante olhar para seu rosto e tentar compreender o que ele está sentindo. É importante lembrar que seu cérebro já não funciona como o nosso e que aquela pessoa vive com uma demência e não processa a informação do mesmo modo que nós fazemos.

Dicas para convencer a tomar remédios

  • Quando você quiser que um paciente de Alzheimer faça algo, como tomar remédios, quanto menos falar melhor.
  • A melhor abordagem é a comunicação não verbal.
  • Ofereça uma pílula de cada vez. Segure a primeira pílula bem em frente à pessoa para que ela a enxergue. Dê-lhe tempo para absorver a informação em seu cérebro. SEM PRESSA.
  • Use copos pequenos de vidro transparente com água. Sem dizer nada faça-o pegar o copo e ajude a colocar a pílula na palma de sua mão.
  • Coloque o paciente sentado num ambiente seguro e confortável.

E mais:

  • Faça-o tomar remédios sempre na mesma hora. A rotina é um fator que confere segurança ao portador de Alzheimer.
  • Se ele disser algo negativo. Ignore. Não diga nada. Apenas segure a pílula ao alcance de seus olhos. É comum ele dizer que você quer fazer algo ruim para ele ou que não precisa tomar remédios pois está bem.
  • Dê tempo. Espere pacientemente até que ela tome a medicação.
  • Repita o procedimento na segunda pílula e assim por diante.
  • A cada pílula que tomar, faça um elogio, diga algo positivo. Sirva uma xícara de café ou chá ou algo que ele adora comer. Fale sobre o tempo maravilhoso lá fora, sobre um passeio agradável, sobre uma lembrança feliz …

Em resumo:

Usando uma combinação de comunicação não verbal e reforços positivos (elogios, café, sorvete, doces, frases alegres e assuntos prazerosos) são os meios mais eficazes  para levar pessoas com Alzheimer a associar a medicação a uma experiência positiva.

De modo geral, para diversas ações do cuidador esta abordagem, repetida sempre, cria um padrão de conduta e de comportamento. Mas há que ter muita paciência, pois toma tempo.

Depende de você da maneira como lia com o problema.

Respire fundo. Lembre-se – cuidar de um portador de Alzheimer é  uma missão, uma árdua missão. Dê ênfase à comunicação não verbal que é mais eficiente do que um monte de palavras.

Original em Alzheimer’s Reading Room 

Adaptação e tradução livre: T. Mizutani (Equipe 3iMelhor)

*************************************************************************************************

Artigos relacionados: 

É proibido dirigir!

Como alegrar pacientes d Alzheimer com suas lembranças?

10 coisas que o idoso com Alzheimer gostaria de lhe falar, se poudesse.

– 50 conselhos para viver feliz na terceira idade

Cães são ótima companhia para idosos

13 dicas para famílias que têm uma pessoa na melhor idade em casa

*************************************************************************************************

Equipe 3iMelhor

É importante para nós que o conteúdo seja útil. Se gostou do que publicamos, deixe o seu comentário abaixo ou relate suas experiências. Quanto mais trocamos ideias, mais conseguimos ajudar pessoas a viver melhor. Obrigado.

email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *