Cães são ótima companhia para idosos

o homem e o cãoOs cães,  além de serem ótimos amigos, transmitem alegria aos idosos em todos os momentos, na saúde e nos períodos de doença. Várias raças podem ser recomendadas como companheiros; os pequenos como o shih tzu, o beagle, o yorkshire e até uns maiores como o labrador. Este, além disso, pode servir de guia para idosos com dificuldade de locomoção ou com alguma deficiência visual. Recentes pesquisas comprovam que esta convivência com os cães e “pets” de modo geral, pode trazer benefícios à saúde. Regra geral, pelo maior tempo disponível, o idoso consegue se dedicar ao cuidado do animal, recebendo em troca a afeição, o carinho e o companheirismo. Tais atributos contribuem para melhorar significativamente a autoestima e o prazer de viver, principalmente nos casos de idosos solitários.  Qual o cão que não gosta de se deitar aos pés do dono e mesmo de subir no sofá para “assistir” aos programas favoritos de TV? Naturalmente para quem mora em apartamentos recomenda-se a adoção de cães pequenos que além de exigir menos esforço nos passeios, quando bem educados, fazem menos sujeira, dão menos trabalho e menos despesas. A relação de troca com eles é altamente positiva, preenchendo com alegria os momentos mais solitários dos idosos que passam os dias em casa.

email

This entry was posted in Comportamento by Cida Griza. Bookmark the permalink.
Cida Griza

About Cida Griza

. Especialista em Saúde Mental, Psicopatologia e Psicanálise - PUC/PR . Especialização em Atenção à Saúde do idoso (Gerontologia) - UFSC/SC . Coordenadora da Abraz-Subregional de Joinville/SC (2002 - 2010) . Professora Universitária na disciplina de Geriatria e Gerontologia - ACE/SC . Professora do curso de pós graduação em Gerontologia - FURB/SC . Professora do Grupo ECM - Estimumlação Cognitiva e Motora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *